Tarrafal de Monte Trigo: termina a missão do projecto de produção hortícola e transformação agro-alimentar

Tarrafal de Monte Trigo: termina a missão do projecto de produção hortícola e transformação agro-alimentar

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

Caí o pano hoje sobre uma missão de cinco dias a Tarrafal de Monte Trigo, em Santo Antão, estiveram na ilha os técnicos do Programa de Promoção de Oportunidades Socio-económica e Rurais (Poser) e Centro Internacional de Estudos Rurais e Agricultura da Espanha.

A missão, enquadrada no projecto de melhoria da capacidade de produção hortícola e transformação agro-alimentar nesse vale, teve como propósito a realização dum diagnóstico sobre Tarrafal de Monte Trigo, em que o Ministério da Agricultura e Ambiente, através do Poser, está a implementar o projecto sobre o reforço da produção do inhame e mandioca.

O Poser quer com o diagnóstico recolher subsídios sobre a importância para a comunidade deste projecto, que vai beneficiar, directamente, 32 produtores agrícolas, segundo o delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente no Porto Novo, Joel Barros.

É de recordar que o projecto arrancou na semana passada com a construção de sete dos 11 reservatórios de água projectados, prevendo ainda, nesta fase, a instalação de rega gota-a-gota em 1,5 hectares de terreno e a instalação de um centro pós-colheita.

Além do Tarrafal de Monte Trigo, beneficiam ainda deste pacote agricultores em Ponte Sul/Chã de Mato e Manuel Lopes com construção de reservatórios e instalação de rega gota a gota.

 

Opinião