Sal: Dia das crianças assinalada com programas radiofónicos e sensibilização

Sal: Dia das crianças assinalada com programas radiofónicos e sensibilização

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

Devido a situação da pandemia da Covid 19, o mês de Junho, mês da criança não pode ser celebrada com actividades presenciais. Neste sentido, o Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) do Sal vai assinalar a data com programas radiofónicos com mensagens alusivas e sensibilização através de programas na comunicação social.

Este ano o dia 1 de Junho, dia das crianças é celebrado em todo mundo em situação muito diferente. As actividades foram adaptadas a um ambiente de confinamento para evitar que as crianças saem de casa para não se exporem aos riscos de contágio com a Covid 19.

Para não deixar o dia passar em branco, o Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) a ilha do Sal assinala a data com programas radiofónicos através de programas na comunicação social.

Conforme explicou a coordenadora do ICCA nesta ilha, Queila Soares à Inforpress, “este ano infelizmente as actividades são diferentes e estamos a contar com a comunicação social, sobretudo as rádios, para a divulgação dos programas de sensibilização e levar mensagens alusivas à data”.

A responsável apela a toda a sociedade civil, no sentido de reforçar e assegurar a protecção das crianças. Exortou ainda as famílias a cuidarem e zelarem pela protecção dos seus filhos e à responsabilidade paternal.

Este ano, a ICCA desenvolve as acções apenas de sensibilização através da comunicação social, tendo em conta o momento delicado que Cabo Verde e o mundo enfrentam, devido à covid-19. “Vamos trabalhar nesse sentido para não deixar estas datas passarem em branco”, disse Queila Soares

“Nós queremos pedir às famílias que reflictam sobre esse período de quarentena, de confinamento, que vivenciaram com os seus filhos em casa. Há crianças que antes não viam os seus progenitores e hoje mais do que nunca estão a gozar da presença, do convívio, do cuidado e da protecção dos pais”, frisou.

Em Genebra, no ano de 1925, foi proclamado o Dia Internacional da Criança durante a Conferência Mundial para o Bem-estar da Criança. A partir desse ano, a data dedicada aos pequenos passou a ser celebrada em 1 de junho, em vários países.

Por outro lado, a ONU reconhece o dia 20 de novembro como o Dia Mundial da Criança, já que nesse dia foram aprovadas a Declaração Universal dos Direitos da Criança e a Convenção Sobre os Direitos da Criança. Elas foram firmadas em 1959 e em 1989, respectivamente.

Opinião

Fechar