Ribeira das Patas: Há boas perspectivas do projecto da bacia hidrográfica começar este ano no quadro do Poser

Ribeira das Patas: Há boas perspectivas do projecto da bacia hidrográfica começar este ano no quadro do Poser

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

Há boas perspectivas do projecto de reordenamento da bacia hidrográfica da Ribeira das Patas, Porto Novo, começar a ser implementado nos primeiros meses deste ano, no quadro do Poser (programa de promoção das actividades socio-económicas rurais).

O Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), Gilberto Silva admite a possibilidade de, no caso da bacia hidrográfica da Ribeira das Patas, as intervenções já programadas serem financiadas, efectivamente, no quadro Poser, co-financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e pelo Governo de Cabo Verde.

O MAA já decidiu avançar com intervenções nas sub-bacias de Lagoa/Catano, em Ribeira das Patas, e de Miguel Pires, em Jorge Luís/Ribeira da Cruz, que incidem, sobretudo, na mobilização de água para a agricultura.

Em toda a ilha de Santo Antão, os investimentos previstos nas bacias hidrográficas (Ribeira das Patas, Jorge Luís/Ribeira da Cruz e Garça) deverão atingir, até 2023, um montante de 300 mil contos.

A mobilização de água, a recuperação de solos e correcção torrencial são as acções consideradas prioritárias, segundo o MAA.

Opinião

Fechar