Praia: Empossados os Conselheiros do Conselho Consultivo da Juventude

Praia: Empossados os Conselheiros do Conselho Consultivo da Juventude

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

O Primeiro-Ministro Ulisses Correia e Silva acaba de conceder posse aos Conselheiros do Conselho Consultivo da Juventude. Este conselho criado pelo Governo vem responder as três grandes prioridades definidas pelo Governo em relação as expectativas da juventude.

Os cerca de 20 jovens membros deste conselho Consultivo da Juventude representam todas as ilhas e também a diáspora. Este conselho criado pelo Governo vem responder as três grandes prioridades definidas pelo Governo em relação as expectativas da juventude.

Durante dois anos os jovens Conselheiros do Primeiro-ministro no Conselho Consultivo da Juventude (CCJ) vão apoiar o Governo nas questões decisivas relativamente a juventude cabo-verdiana.

Para o Primeiro-ministro o Conselho Consultivo da Juventude representado por homens e mulheres jovens das ilhas e da nossa Diáspora, e de diversas experiências profissionais ”torna a participação dos membros muito mais rica em termos de propostas e projetos que iremos trabalhar em conjunto”.

As três grandes prioridades segundo o Chefe do Governo são a redução significativa do número de jovens sem Educação, sem Formação e sem Emprego, através da educação para todos, de políticas de inclusão social, da massificação da qualificação profissional para a empregabilidade, do empreendedorismo e do crescimento económico com capacidade de gerar muito mais emprego.
Educação de excelência e qualificação profissional para formar jovens com perfil ajustado às exigências do mundo da economia do conhecimento, da economia digital e da sustentabilidade ambiental.

É importantes conhecimentos académicos e profissionais, mas também multiculturalismo, abertura ao mundo, atitude empreendedora e transformadora, e compromissos geracionais.

E o Desenvolvimento Local e Regional, para reduzir as assimetrias regionais e dinamizar a economia das ilhas, para torná-las com maior capacidade de criar riqueza, emprego e rendimento e assim mais oportunidades para os jovens.

Janice da Graça representante dos conselheiros assegurou tratar-se de um compromisso com os jovens cabo-verdianos. “Um voto de excelência. Nós comprometemo-nos como profissionais a estar aqui não como jovens e o público-alvo a ser apoiado mas como jovens com uma capacidade profissional, formação, vontade e compromisso com o país para dar o nosso melhor para o desenvolvimento desta nossa terra”, salientou.

Os conselheiros vão acompanhar as políticas que propuserem, além do seguimento das recomendações que enviarem no intuito de ver políticas e acções concretas.
Este órgão juvenil CCJ foi criado através da resolução nº95/2017 de 22 de Agosto e funcionará como uma plataforma de comunicação dos jovens junto do Primeiro-Ministro.

Cerca de vinte jovens de todas as ilhas do país e representantes da Diáspora, nomeadamente Portugal, EUA e São Tomé e Príncipe, foram seleccionados para exercerem, durante dois anos, a função de Conselheiros do Primeiro-ministro no Conselho Consultivo da Juventude (CCJ).

 

Opinião

Fechar