Porto Novo: Habitantes reivindicam esquadra policial para a vila da Ribeira das Patas

Porto Novo: Habitantes reivindicam esquadra policial para a vila da Ribeira das Patas

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

A criação de uma esquadra policial afigura-se, actualmente, juntamente com o Centro de Saúde, as maiores aspirações dos cerca de 300 habitantes da vila da Ribeira das Patas, no interior do município do Porto Novo, na ilha de Santo Antão.

Santo Antão News conversou com moradores que não tem dúvidas de que Ribeira das Patas, por ser o maior centro populacional do interior do concelho, já merece, de forma permanente, a presença policial.  

A Associação para o Desenvolvimento Integrado da Ribeira das Patas, na pessoa  o seu representante, Arlindo Delgado, tem, insistentemente, defendido a criação dos serviços que faltam para que essa vila assuma, de vez, esse estatuto, que ostenta desde 2015, desde logo, uma esquadra policial, capaz de cobrir as povoações limítrofes.

Entretanto, soubemos  que a criação dessa esquadra está nos planos do Ministério da Administração Interna, que já prometeu atender à reivindicação da população da Ribeira das Patas, num futuro próximo.

Para a afirmação da Ribeira das Patas, como vila, os habitantes, além da esquadra policial, têm estado, igualmente, a pedir a construção de um centro de saúde, projecto que, segundo o Governo, deve avançar em 2020.

Porto Novo, que ocupa dois terços de Santo Antão, com mais de 40 povoações dispersas, tem apenas um esquadra policial, cujos agentes, para suprir as necessidades em termos de cobertura policial, tem estado a deslocar-se, periodicamente, às principais zonas, como Ribeira das Patas, Alto Mira, Ribeira da Cruz e Tarrafal de Monte, para atender às pessoas.

Opinião

Fechar