Pais e encarregados de educação consideram que escola em Dominguinhas não tem “mínimas condições de funcionamento”

Pais e encarregados de educação consideram que escola em Dominguinhas não tem “mínimas condições de funcionamento”

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

Os pais e encarregados de educação em Dominguinhas, no interior do concelho do Porto Novo, em Santo Antão, consideram que a escola desta localidade “não oferece as mínimas condições de funcionamento” neste arranque do ano lectivo.

“Essa escola não oferece as mínimas condições de funcionamento. Sem carteiras, não tem bancos em condições, vidros das janelas quebradas, pintura mal feita para uma escola”, alerta o porta-voz dos pais e encarregados de educação, Rogar Alves.

A mesma fonte diz ter a percepção de que “nem os alunos, nem os professores têm vontade de estarem dentro da escola”, dadas “as más condições de trabalho” que a mesma oferece.

“A população de Dominguinhas está indignada e apela ao Ministério de Educação e a Câmara Municipal do Porto Novo a melhorarem a situação desta escola o mais rapidamente possível, para que os alunos tenham um bom desempenho durante o ano lectivo”, avança à Inforpress.

A comunidade de Dominguinhas exige que a escola, em situação de degradação, seja, também, contemplada com o programa de reparação da rede escolar neste concelho, que a edilidade está a levar a cabo, com o financiamento do Governo.

Opinião