Miradouros turísticos vão ser recuperados na retoma do turismo em Santo Antão

Miradouros turísticos vão ser recuperados na retoma do turismo em Santo Antão

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

A rede de miradouros turísticos no concelho do Porto Novo, Santo Antão, vai ser recuperada na retoma do turismo nesta ilha, que deve contar, em 2022, com novos miradouros.

O concelho do Porto Novo dispõe de uma rede de cinco miradouros turísticos todos situados nos planaltos Norte e Leste, estando em perspectivas a construção de, pelo menos, mais dois no Tarrafal de Monte Trigo.

A edilidade porto-novense inscreveu no seu plano de investimentos para 2022 uma verba de 2.500 contos para reabilitação e construção de miradouros, segundo este documento a que a Inforpress teve acesso.

Recentemente, as placas sinaléticas dos miradouros foram alvo de trabalhos de manutenção por parte da Associação para a Defesa do Património de Mértola, Portugal.

Tratou-se de uma intervenção que se insere, também, nos preparativos para a retoma do turismo, segundo esta organização governamental, que, no quadro da rede regional de turismo sustentável e inclusivo de Santo Antão (Raízes), criou e assinalou seis rotas turísticas nesta ilha.

Além da recuperação dos miradouros, a edilidade porto-novense prevê, ainda, a reabilitação dos caminhos vicinais que integram o itinerário turístico no Porto Novo, município que vai receber, em 2022, investimentos de cerca de 20 mil contos no sector turístico.

A requalificação da segunda fase da zona balnear de Curraletes, a instalação de um centro de turismo na Ribeira das Patas e a promoção turística do concelho do Porto Novo são algumas das acções previstas, segundo o referido plano.

O gabinete do turismo do Porto Novo garante que já há “sinais evidentes” da retoma da actividade turística em Santo Antão, ilha que, durante as últimas semanas, tem estado a receber “grupos de turistas”.

Opinião