José Maria Pereira Neves anuncia a sua candidatura a presidente da República de Cabo Verde

José Maria Pereira Neves anuncia a sua candidatura a presidente da República de Cabo Verde

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

José Maria Neves, ex-primeiro-ministro, anuncia a sua candidatura a Presidente da República de Cabo Verde, nas eleições de 17 de Outubro, e promete unir o país se for eleito, assumindo como prioridade a reconstrução de Cabo Verde no período pós-pandemia.

“Se eleito Presidente, serei o primeiro Embaixador da República. Trabalharei, em estreita cooperação estratégica com o Governo, para mobilizar a nação, os cabo-verdianos nas ilhas e na diáspora, e parcerias internacionais, públicas e privadas, para continuarmos a combater o vírus, ganhar a imunidade e garantir os investimentos necessários para levantar o país na pós-pandemia. A reconstrução do país será a minha prioridade.” Garantiu o candidato.

“Nestes tempos pandémicos, em que somos mais uma vez postos à prova, temos de continuar a ser fortes e ter confiança no país e nas suas instituições. Temos pela frente tempos inéditos e complexos”, apelou o ex-primeiro-ministro que no entanto tracejou como prioridade a recuperação do país da crise económica, sanitária e social em que está mergulhado devido à pandemia de covid-19.

Segundo Neves todo esse contexto da profunda crise, deve levar ainda a um “reforço da confiança mútua entre os partidos políticos, ao diálogo, à partilha e à busca conjunta de soluções” na sociedade cabo-verdiana. “Todos somos poucos para a grandeza da obra que nos espera”, explicou, indo ainda mais longe dizendo que Cabo Verde “precisa de uma liderança forte” para mobilizar a sociedade e para a “reconstrução do país”.

José Maria Neves já desempenhou vários cargos políticos no país como dirigente partidário, Deputado Nacional, Presidente da Câmara, Ministro, Primeiro-ministro e, hoje, Professor Universitário na cidade Praia”.

“Tenho jogado o jogo democrático em várias posições e tenho feito da política um espaço de aprendizagem”, entretanto diz conhecer hoje “melhor o país” e que está mais preparado para “continuar a servir” Cabo Verde.

“Pretendo ser não apenas um bom árbitro. Conheço bem as regras do jogo, mas também um dinamizador de novos processos políticos, abrindo espaços de participação a todos: uma instância moral, um traço de união, um provedor das liberdades, da democracia e do Estado de Direito, um promotor do meu país no mundo”, declarou.

Indo mais longe disse que em Cabo Verde “há ainda muita crispação política” e “muita partidarização do espaço público”, citando a necessidade de “reforçar a confiança mútua entre as forças políticas e entre o Governo e a oposição democrática”.
“O país precisa de um líder. A República precisa de um Presidente disponível para ser o fermento desse novo momento: de um Presidente que une, que aconselha, que adverte, que sugere, que cuida e que cumpri”; que não exclui ou prejudica ninguém por causa das suas escolhas políticas ou ideológicas, avançou.

Segundo a Constituição, o Presidente é suprapartidário, de todas as ilhas e da diáspora, de todos os partidos, da República por inteiro, e numa altura da pré-campanha para as eleições legislativas de 18 de Abril disse que é preciso “dar tempo aos partidos”.

“Depois das legislativas falaremos com todos os partidos políticos, espero contar com o apoio do PAICV e de outros partidos e forças políticas presentes agora nas disputas eleitorais”, afirmou.

Para o candidato a democracia não é apenas disputa e competição, é também compromisso e consenso. “É essencial, pois, percorrermos as fases dos processos deliberativos democráticos. Há tempo para discórdias, dissensos e desacordos, mas também há tempo para acordos, compromissos e consensos”.

José Maria Neves saudou os partidos fundadores da democracia representativa – a UCID, o PAICV e o MPD – e os partidos concorrentes às próximas eleições legislativas.

“Espero que as eleições de 18 de Abril sejam uma grande jornada cívica, um momento de debate de ideias e de projectos alternativos de governação e uma oportunidade para os cidadãos livremente fazerem as suas escolhas políticas para os próximos cinco anos”, diz.

Neves diz escolher 19 de Março para anunciar a candidatura por ser Dia do Pai e do Artesão, mês da árvore, da criação, da poesia, da primavera, um dia que lembra a responsabilidade, o trabalho árduo, o orgulho, a honestidade, a necessidade de amar, de cuidar e de reparar.


Fatal error: Uncaught Error: Class 'Elementor\Scheme_Color' not found in /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/jet-blog/includes/addons/jet-blog-posts-navigation.php:208 Stack trace: #0 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/controls-stack.php(2280): Elementor\Jet_Blog_Posts_Navigation->_register_controls() #1 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/controls-stack.php(494): Elementor\Controls_Stack->init_controls() #2 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/widget-base.php(177): Elementor\Controls_Stack->get_stack() #3 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/controls-stack.php(300): Elementor\Widget_Base->get_stack() #4 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/controls-stack.php(2369): Elementor\Controls_Stack->get_controls() #5 /home/cu in /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/jet-blog/includes/addons/jet-blog-posts-navigation.php on line 208