IGAE alerta para a não reutilização de garrafas de cerveja para engarrafar grogue

IGAE alerta para a não reutilização de garrafas de cerveja para engarrafar grogue

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

A Inspecção- Geral das Actividades Económicas (IGAE) usou a sua página de rede social para alertar a proibição da reutilização de garrafas de cerveja para engarrafar aguardente, uma vez que as mesmas “muitas vezes” são recolhidas em bares e restaurantes.

Aproveita ainda, para lembrar que a reutilização de “garrafinhas” para engarrafar aguardente/grogue é proibida de acordo com os termos do Decreto Legislativo nº3/2009 de 15 de Junho.

Essa proibição visa não só garantir a qualidade do produto, mas também assegurar a saúde pública, sabido que as referidas «garrafinhas», muitas vezes, são recolhidas em bares e restaurantes.

Mostrando-se preocupado, a IGAE diz que “é necessário ter, também, muito cuidado com os rótulos e as tampas utilizadas nas garrafas, porque há muitas falhas de higienização no processo de engarrafamento.

O produto é nocivo para o consumo, devido à conjugação de vários factores negativos e ilegais. As operações de fiscalização e apreensão desses produtos irão continuar, visando assegurar não somente a legalidade da produção e a qualidade do grogue, mas também, a sua valorização e a garantia da saúde pública”.

Ao mesmo tempo a IGAE apela a sociedade para denunciar todas as práticas de recolha de “garrafinhas”, utilizadas por alguns produtores para comercializar aguardente/grogue, pondo em causa a saúde pública.

Opinião