Governo lança site de informação sobre Covid-19 para combater a desinformação

Governo lança site de informação sobre Covid-19 para combater a desinformação

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

O Governo apresentou hoje o site www.covid-19.cv para divulgar todas as informações sobre os casos do novo coronavírus, covid-19, em Cabo Verde, com vista a combater a desinformação no país e descongestionar a linha verde 800 11 12.

Num país pequeno em que a informação se propaga rapidamente, o secretário de Estado para Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes, disse aos jornalistas que através deste site as pessoas vão ter a oportunidade de confirmar todas as informações sobre a Covid -19 no país.

“Aí vão poder encontrar toda a informação, quantos casos há realmente em Cabo Verde, o que é que se está a ser feito, se é um homem ou uma mulher. Todos esses dados vão estar disponíveis ao serviço dos cabo-verdianos para que eles tenham um portal onde toda a informação está centralizada e também informações importantes do ponto de vista laboral”, disse.

Este site, informou, vai ter disponíveis as perguntas e respostas mais frequentes que as pessoas fazem sobre a Covid-19 e desta forma vão poder descongestionar o serviço telefónico 800 11 12, uma vez que há ainda muitas pessoas com dúvidas e a ligar para a linha verde.

Pedro Lopes afirmou que o Governo quer que as pessoas continuem a fazer a sua vida “sem preocupações” e que possam ter as respostas às suas dúvidas no tempo certo e através de um clique na “comodidade das suas casas”.

Apelou ainda às pessoas a não partilhem as informações que não sejam “fidedignas” e que procurem os sites oficias das autoridades.

“Não partilhem medos, partilhem apenas factos (…) temos de denunciar as notícias falsas e não dar eco a essas notícias”, apelou.

O secretário de Estado para Inovação e Formação Profissional adiantou que, em breve, através da página Cabo Verde digital, os jovens vão pôr ao serviço das pessoas algumas aplicações com um conjunto de funcionalidades como entrega de comida, entrega de produtos farmacêuticas, Home Banks, pagamentos online das facturas de luz, água, telefone, internet, entre outros.

“O que nós queremos é que as pessoas fiquem em casa e o Governo vai mostrar aquilo que os nossos jovens, os nossos guerreiros digitais estão a fazer ao serviço deste país. Por isso, o nosso desafio é que quem está nesta área continue a desenvolver com qualidade, as pessoas que utilizam cada vez mais que continuem a visitar os seus restaurantes favoritos, mas em casa utilizando as aplicações”, disse, sublinhado que esta é uma oportunidade para o digital ser alavancado.

O site, desenvolvido por várias empresas em Cabo Verde da área digital, em parceria com o Núcleo Operacional de Sistema de Informação (Nosi), contou com o apoio do Instituto Nacional de Saúde Pública e das Nações Unidas.

Inforpress

Opinião

Deixe uma resposta

Fechar