Formação profissional: Governo perdoa divida dos jovens que viram seus certificados retidos por falta de pagamento

Formação profissional: Governo perdoa divida dos jovens que viram seus certificados retidos por falta de pagamento

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

O Governo de Cabo Verde mandou entregar 2500 certificados aos jovens que fizeram formação profissional no período 2011 e 2015 e que viram seus documentos retidos por falta de pagamento.

O Governo deu indicações para a entrega de todos os 2500 diplomas porque o papel de cada jovem “é produzir e ser útil”. A informação foi avançada pelo Vice Primeiro-ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia na sua página do Facebook.

“A Cabo Verde não interessa ter jovens sem formação. Muito menos, interessa ter jovens formados e sem os diplomas para o confirmar. Aí sim, aí entra o papel do Estado” avançou o governante, considerando a política um serviço e por isso “os jovens devem estar no topo das prioridades”.O Governante acredita que não faz sentido um jovem frequentar uma formação e não conseguir no final obter o seu certificado por falta de recursos.

“Nós demos instruções para que os jovens que tiveram tido acesso à formação tenham diplomas para que possam entrar no mercado do trabalho. Se os pais não tiverem as condições, se os jovens não tiverem às condições financeiras vamos entregar todos os diplomas”. Olavo Correia proferiu estas palavras na sequência do acto de relançamento do Programa Soldado Cidadão.

Opinião

Fechar