Ex-jogador do Benfica Luizão é padrinho da 12ª edição da Corrida da Liberdade

Ex-jogador do Benfica Luizão é padrinho da 12ª edição da Corrida da Liberdade

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

O ex-jogador do Sport Lisboa e Benfica, Luizão é o padrinho da 12ª edição da Corrida da Liberdade, evento desportivo realizado todos os anos pela Câmara Municipal da Praia e que tem lugar na próxima segunda-feira, 13.

Luizão estará em Cabo Verde no dia 12, com um programa de incentivo ao desporto. Além de participar da corrida, fará visitas às escolas de futebol e estará em alguns pontos turísticos e culturais do país.

Para esta edição, o prémio principal da meia maratona é de 150 mil escudos. Conforme José Eduardo dos Santos, estão a apostar cada vez mais na internacionalização da meia maratona, que vai acontecer este ano pela terceira vez.

Atletas do Senegal, Portugal, França e Estados Unidos da América, virão ao país para participar no evento pelos seus próprios meios. Também contará com participação dos melhores atletas de Cabo Verde, que virão de todos os pontos do país”, frisa.

Segundo o Vereador do Desporto, José Eduardo dos Santos “este evento tem várias provas, a meia maratona, a prova de 10 quilómetros para todos que gostam e querem participar numa prova de atletismo, prova escolar que é um desafio as escolas para uma competição coletiva e provas paraolímpicos”, salientou.

“O nosso apelo é para as pessoas que queiram participar da corrida que façam as inscrições o mais cedo possível, porque a participação é limitada”, com uma meta de 10 mil participantes, sendo 120 jovens das escolas, 200 da meia maratona, 400 para os 10 quilómetros e os restantes para a caminhada,” indica.

O responsável explica ainda que os paralímpicos vão participar da prova dos 10 quilómetros e haverá prova dos cadeirantes, na zona de chegada. “Temos a caminha com duas partidas, a primeira para os idosos e a segunda para todos aqueles que querem participar”, disse.

A corrida terá uma cronometragem digital e haverá chips para os participantes. O evento está orçado em 12 mil contos, conforme o vereador do Desporto, e será suportado pelos parceiros.

 

Opinião

Fechar