Edilidade garante resolver brevemente a situação de penúria de água nas zonas altas da cidade do Porto Novo

 Edilidade garante resolver brevemente a situação de penúria de água nas zonas altas da cidade do Porto Novo

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

A Câmara Municipal do Porto Novo, em Santo Antão, garantiu hoje, que já tem o financiamento para resolver a situação da penúria de água que aflige há seis meses as zonas altas da cidade.

A autarquia precisava de sete mil contos para fazer chegar água às torneiras das casas nas zonas como Alto São Tomé, Chã de Viúva e Chã de Galinheira, verba que vai ser assegurada pelo Governo, através do Fundo do Ambiente, até 2024, a rondar os 106 mil contos, segundo a nota de imprensa.

Com esta verba, a câmara promete resolver brevemente o problema de água nestas zonas, onde, por causa da insuficiência da rede de distribuição, já com mais de 20 de existência,  a água não tem chegado há pelo menos seis meses às casas das pessoas.

“De imediato, a assinatura dos contratos irá resolver os problemas de saneamento e água na cidade do Porto Novo, particularmente, o problema de água nas zonas altas”, lê-se na nota.

 

Opinião