Amupal espera empregar 20 mulheres com assinatura do contrato-programa com MAA

Amupal espera empregar 20 mulheres com assinatura do contrato-programa com MAA

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

A Associação das Mulheres do Planalto Leste, Santo Antão, espera, com a assinatura nos próximos dias um contrato-programa com o Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), empregar, pelo menos, 20 mulheres chefes de famílias, atualmente, no desemprego.

São mulheres que estão no desemprego desde Janeiro e que precisam de “um dia de trabalho” para sustentar os seus filhos, avançou a presidente da Amupal, Josefa Sousa, que se diz esperançada em que o contrato-programa seja assinado “em breve” para socorrer as famílias em situação de vulnerabilidade.

No âmbito do contrato-programa, a Amupal vai executar obras, como limpeza da floresta, remoção de plantas daninhas e reconstrução de infra-estruturas ligadas à conservação de solos.

Graças aos contratos-programa que, periodicamente, têm vindo a firmar com o MAA, esta associação tem conseguido empregar uma média de 40 mulheres chefes de família neste planalto, onde o desemprego tem estado a preocupar as associações de desenvolvimento local.

O MAA tem estado a envolver as associações de desenvolvimento do Planalto Leste na preservação do perímetro florestal local, com a realização de ações ligadas, sobretudo, à conservação de solos e reflorestação.

O delegado do MAA na Ribeira Grande de Santo Antão, Orlando Jesus Delgado, confirmou, à Inforpress semana passada, que este ministério tem estado a trabalhar com as associações no Planalto Leste na implementação de projetos ligados à conservação desta reserva, tendo já assinado um contrato com a Associação Luz Viva de Lagoa.

O MAA vai também, “nos próximos dias” assinar contratos com outras associações locais, no caso concreto, da Associação das Mulheres do Planalto Leste (Amupal), em Água das Caldeiras, e Oásis, em Pico da Cruz.

O perímetro florestal do Planalto Leste, com uma extensão de 1.600 hectares, tem sido alvo de um plano de recuperação na sequência do incêndio de grandes proporções que atingiu, em 2018, esta reserva florestal, consumindo cerca de 200 hectares da floresta.

Esta reserva abarca dois dos cinco parques naturais existentes em Santo Antão, destacando-se o parque Cova/Ribeira da Torre/Paul, considerado o maior centro de biodiversidade de plantas endémicas de Cabo Verde, com 36 espécies, dos quais 16 estão na “lista vermelha” no país.


Fatal error: Uncaught Error: Class 'Elementor\Scheme_Color' not found in /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/jet-blog/includes/addons/jet-blog-posts-navigation.php:208 Stack trace: #0 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/controls-stack.php(2280): Elementor\Jet_Blog_Posts_Navigation->_register_controls() #1 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/controls-stack.php(494): Elementor\Controls_Stack->init_controls() #2 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/widget-base.php(177): Elementor\Controls_Stack->get_stack() #3 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/controls-stack.php(300): Elementor\Widget_Base->get_stack() #4 /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/elementor/includes/base/controls-stack.php(2369): Elementor\Controls_Stack->get_controls() #5 /home/cu in /home/customer/www/santoantaonews.cv/public_html/wp-content/plugins/jet-blog/includes/addons/jet-blog-posts-navigation.php on line 208