Unidade de transformação de produtos da Amupal retoma actividades a partir de Agosto

Unidade de transformação de produtos da Amupal retoma actividades a partir de Agosto

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email

A unidade de transformação de produtos da Associação das Mulheres do Planalto Leste (Amupal), Santo Antão, retomará as suas actividades a partir de Agosto ou Setembro, altura em que se prevê a safra de frutas, nesse planalto.

A unidade de transformação de produtos agrícolas da Amupal está encerrada há vários meses, devido a dificuldades de escoamento, mas,  segundo a presidente desta associação, Josefa Sousa, pode reabrir as portas para poder aproveitar a colheita de frutas, que acontece dentro de três a quatro meses.

Josefa Sousa explicou à Inforpress que, por causa da pandemia da covid-19, esta associação optou pelo encerramento da unidade de transformação, que produz licores, doces e compotas, acreditando, porém, na reabertura, “dentro de pouco tempo”, dessa unidade, criada para empregar mulheres chefes de família.

Planalto Leste é conhecido pela grande quantidade de frutas (marmelo, maçã, uvas) que produz, o que levou a Amupal a apostar na instalação de uma unidade de transformação, entretanto encerrada temporariamente devido às restrições impostas pela covid-19.

Além de produção de doces, compotas e licores, que já dispõe de selo de origem para os produtos genuínos de Santo Antão, a Amupal pretende, igualmente, apostar na produção de vinho, projecto também condicionado pela covid-19.

Através de “alguns parceiros” em Portugal,  esta associação consegui já mobilizar alguns equipamentos, mas, por causa da covid-19, o projecto não tem avançado, segundo esta associação.

Opinião